Cirurgiã plástica, professora, médica, geradora de conteúdo, membro da Sociedade Brasileira de Cirurgia Plástica & orientadora da Liga de Cirurgia Plástica Estética e Reparadora (LACIPER). Prazer, sou a

Dra. Amanda Bussade

CRM: 52.95749-6
Cirurgia Plástica (RQE 32599)
ADQUIRA O MEU E-BOOK
Sobre mim

Olá! Deixa eu te contar um pouco sobre minha trajetória...

Nasci em Itaperuna-RJ e aqui também dei inicio a minha faculdade de medicina, no Campus V da UNIG (Universidade Nova Iguaçu). Entrei na faculdade querendo a Cirurgia Plástica e por isso foquei nas áreas que eu sabia que seriam mais exigidas. Fui monitora de anatomia por 2 anos, estagiei no centro cirúrgico e nos plantões da emergência. Por 7 anos, estagiei na Cirurgia Plástica ao lado do saudoso e, para sempre lembrado, Dr. Clodio Draxler.

Foi uma jornada intensa e de muita dedicação, mas cada esforço valeu a pena!

Em 2012 eu me formei. Enfim Médica! Mas ainda faltava metade do caminho, eram mais 5 anos para a Cirurgia Plástica.

Logo iniciei minha residência de Cirurgia Geral no Hospital São José do Avaí (HSJA), um hospital de altíssima qualidade, referência do Noroeste Fluminense, situado na minha cidade. Depois de 2 anos na Cirurgia Geral, chegava então o momento de começar a sonhada Cirurgia Plástica! Muita expectativa, contudo, eu não passei.

A Cirurgia Plástica é a subespecialização cirúrgica mais concorrida nas provas, e eu não havia conseguido estudar devido ao fluxo de cirurgias na residência. Então, aquele ano estudei bastante! Aí sim! Passei em primeiro lugar pro melhor serviço de Cirurgia Plástica estética do país (quiçá do mundo!): Serviço de Cirurgia Plástica Professor Ronaldo Pontes, instalado no hospital Niterói D’or e comecei a viver o sonho!

Em Niterói, fiz amigos de muitos lugares do mundo! Meu network cresceu e minha rede de contatos profissionais se expandiu em todas as direções e isso abriu portas que me permitiram, por exemplo, operar na República Dominicana.

Na residência tínhamos a oportunidade de operar nossos pacientes. Nós fazíamos da consulta, à cirurgia e até o pós operatório. Claro que sempre acompanhados de um chefe. E isso acrescentava muito no aprendizado da prática. Assim, tive muitos pacientes ao longo destes 3 anos o que me faz, ainda hoje, retornar a Niterói para consultas, cirurgias e revisões. Criamos um vínculo com os pacientes e isso é lindo!

Ao fim dos 3 anos retornei para minha cidade natal em 2019 (Itaperuna-RJ) onde fui convidada a fazer parte do corpo clínico do Hospital São José do Avaí, como Cirurgiã Plástica estética e reparadora.

Me especializei também em implantes capilares pela técnica FUE (Follicular Unit Extraction, também conhecida como fio a fio), em couro cabeludo, sobrancelhas e barbas, trazendo esta novidade para a região.

Em 2020 iniciei também meu trabalho como docente no Campus V da UNIG e criamos a Liga de Cirurgia Plástica Estética e Reparadora (LACIPER), na qual sou preceptora.

about-img
  • 2007-2012 - faculdade de medicina na unig campus-V Itaperuna
  • 2013-2015 - Residência em Cirurgia Geral Hospital São José do Avaí
  • 2009-2016 - Mentoria extra-curricular na Cirurgia Plástica do HSJA
  • 2018 - Fellow em reconstrução mamária no IFF
  • 2016-2019 - Especialização em Cirurgia Plástica pelo Serviço de Cirurgia Plástica Professor Ronaldo Pontes
  • 2019 - Aprovada na prova de título como Cirurgiã Plástica Membro da SBCP
  • 2019 - Homenageada pela revista Med News.
  • 2019 - Ganhou prêmio em destaque pela revista Saúde & Vida.
  • 2019 - (atual) - Staff no Hospital São José do Avaí, como Cirurgiã Plástica estética e reparadora
  • 2020 - (atual) - Docente na UNIG - Campus V Itaperuna
  • 2020 - (atual) - Preceptora da Liga Acadêmica de Cirurgia Plástica- LACIPER
  • Membro da Sociedade Brasileira de Cirurgia Plástica

#05 dicas exclusivas para a sutura perfeita

15

Páginas com conteúdo rico e objetivado de uma maneira que você nunca viu

05

Ilustrações únicas feitas por um profissional em desenho científico

+ de 96h

No desenvolvimento do material

Com certeza você já sabe toda teoria das suturas, e já fez pelo menos alguns pontinhos por aí. Mas aqui não falaremos do básico, vamos falar das dicas que fazem a diferença! Muitas vezes aprendemos a suturar em emergências e a meta maior, para o aprendizado é que a ferida se feche. Mas para uma sutura perfeita, não podemos objetivar “só isso”. Neste conteúdo trazemos 5 dicas para uma sutura perfeita no conceito anatômico e esteticamente mais agradável. Não é só questão de beleza, menos incômodo ao paciente e uma satisfação de transformar uma “bagunça” em uma linha quase imperceptível. Mas uma cicatriz bonita, significa uma sutura eficaz, com menos chance de complicações.

image
Dra. Amanda Bussade

Cirurgiã Plástica

Preencha o pequeno formulário abaixo e receba o e-book agora mesmo:

Tem alguma dúvida?

Entre em contato!

logo da Dra. Amanda Bussade